Qual é o lugar da morte ?

A pergunta título desta publicação causa certamente uma reflexão a respeito do nossos desafios em relação a morte e o seu lugar nas sociedades modernas.

As dinâmicas sociais falam a respeito desse tema a partir do lugar em que se encontra a morte, o morto, o luto, os rituais de passagem e assim por diante em cada uma das culturas. Como sabemos, todos os rituais tem por objetivo acalmar os sentimentos de todos aqueles que estão no entorno e do próprio morto.

No fim da Idade Média, ao saber que a morte se aproximava o moribundo se utilizava do testamento para expor ali todos os seus desejos. Era a distribuição dos bens, mas era também o pedido de perdão a um ente querido, o desejo de que seu nome permanecesse circunscrito aos círculos sociais por meio de missas, em placas de madeira ou metal afixadas nas igrejas e o outros rituais.

De toda sorte, de lá pra cá muita coisa mudou e o avanço do capitalismo fez com que passássemos a estipular uma outra ordem em relação as prioridades do dia a dia, a morte deixou de ser uma delas ou pelo menos despencou no ranking.

Já observaram a pressa com que enterramos nossos mortos ? Temos um trabalho a fazer, a família pra cuidar, um jantar para oferecer, um produto para consumir e a tristeza não pode se sobrepor aos nossos anseios. Mais do que isso, não é possível dispor de um longo período para celebrar o morto e viver o luto.

Fonte da imagem: sítio eletrônico https://i.pinimimg.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: