A consciência sobre a morte

Platão,  República, Livro X, 614b-621c, nos conta sobre o Mito de Er. Um famoso guerreiro que após morrer em combate retornou do mundo dos mortos, após ser velado por 12 dias.  Ao ressuscitar, o combatente narra todos os acontecimentos do Hades e a forma como a alma de cada um era encaminhada segundo os feitos em vida. Vale lembrar que segundo esse mito, as almas ao serem encaminhas à uma nova vida tomavam a água do esquecimento no Rio Alete, a fim de que não reproduzissem os acontecimentos, como fez Er.

Norbet Elias, em A Solidão dos Moribundos, diz que a nossa percepção a respeito da morte e do morrer é sempre a partir do outro. O outro morre, nós não.

Alguns autores divergem sobre a consciência do morrer, destacando que somente os homens são capazes de tal percepção. Kellehear em seu livro Uma história social do  morrer nos alerta que os animais também possuem tal percepção dando como exemplo os macacos-vervet que ao perceberem a presença de uma cobra e a consequência fatal de uma picada começam a gritar incessantemente com o intuito de alertar todos os outros macacos. Diz que os elefantes são capazes de reconhecer membros da sua manada por meio de esqueletos.

É na Idade da Pedra que o homem inaugura uma característica a respeito do morrer humano em que estabelece uma existência adicional além da biológica de forma a poder imaginar outras formas de morrer.

Há sempre relatos de experiências místicas sobre a previsão da própria morte. Uma intuição, um aviso, uma sensação. De toda sorte, o ser humano é capaz de optar por racionalizar a respeito ou não, buscando um entendimento do que a morte pode significar e quais os impactos que pode causar.

cropped-cropped-cropped-aqui-jaz21.jpg

Foto: Arquivo pessoal

É quase inegável que ao tomar consciência da morte o ser humano recorra a verificação da sua trajetória e a entrada numa jornada interpessoal onde revisa valores, seus sistemas de crenças, a análise da vida e a relação com outro.

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: