Nossos Mortos

Em Nossos Mortos, novo trabalho do Teatro Máquina, o grupo trata de dar forma à tragicidade exposta no mito de Antígona, a partir de Sófocles, enfatizando a defesa do direito natural de sepultamento. Aprofundando relações com outras versões do mito nas traduções e releituras dos dramaturgos Friedrich Hölderlin, Bertolt Brecht, José Watanabe e Ângela Linhares, o Teatro Máquina aprofunda também sua investigação sobre as sonoridades fúnebres tradicionais e os documentos históricos de inúmeros massacres e movimentos populares, especialmente o do Caldeirão da Santa Cruz do Deserto, na cidade do Crato (CE).

O processo teve início durante uma viagem de 28 dias por três regiões do semiárido nordestino, em 2015, no projeto Sete Estrelas Grande Carro, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural. Em 2017, o grupo retoma a investigação sob tutoria da atriz e diretora Tânia Farias, da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, além dos colaboradores de música e voz: Ayrton Pessoa, Di Freitas e Consiglia Latorre, no Laboratório de Pesquisa Teatral da Escola Porto Iracema das Artes.

Serviço:
NOSSOS MORTOS
Temporada de estreia
06, 07, 08, 13, 14 e 15 de abril de 2018
sextas e sábados às 21 horas, domingos às 18 horas
no Teatro do SESC Pompeia
Duração: 70min
Indicação etária: 16 anos
Compra de ingressos:
https://www.sescsp.org.br/programacao/150675_NOSSOS+MORTOS
*Vendas limitadas a 4 ingressos por pessoa.

Ficha Técnica:
Com Ana Luiza Rios e Loreta Dialla
Direção: Fran Teixeira
Produção: Teatro Máquina
Fragmentos de textos de Angela Linhares, José Watanabe, Bertolt Brecht, Friedrich Hölderlin e Sófocles.
Tutoria: Tânia Farias
Direção Musical: Ayrton Pessoa Bob e Consiglia Latorre
Preparação musical: Consiglia Latorre
Acompanhamento musical e rabeca de cabaça: Di Freitas
Música e som ao vivo: Ayrton Pessoa Bob e Levy Mota
Preparação corporal: Fabiano Veríssimo e Márcio Medeiros
Figurino: Diogo Costa
Cenografia: Frederico Teixeira
Assistência de cenografia: Marina de Botas
Desenho de luz: Walter Façanha

Durante os dias 10, 11 e 12 de Abril, o grupo oferece também junto com Consiglia Latorre, diretora musical do trabalho, a oficina Bases improvisacionais para o corpo e a voz no espaço de criação.
Mais informações sobre a oficina e como se inscrever aqui: SESC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: